O especismo é uma opressão? Ele causa alguma opressão?

“Nem todo preconceito é necessariamente uma opressão, por mais que toda a opressão seja alimentada por preconceitos. Especismo. Ele existe, mas não tem cabimento tratar como opressão. É uma pauta moral, uma vez que não afeta humanos e não dá para aplicar posturas humanas para vidas não humanas. Chamar um predador de imoral não tem base epistemológica alguma. (Isso não impede a problematização necessária da indústria pecuarista, visto seus métodos nada ortodoxos para abate e destruição do meio ambiente.)”

[clique aqui para ir até o link original do texto]

Como pudermos ver no texto acima há quem diga que o especismo não é ou causa uma opressão. Ignora-se que nos intitulamos agora predadores por escolha e não mais por necessidade. Admite-se nesta perspectiva que só devemos ter uma consideração moral relevante para com aquilo que afeta os humanos.

O especismo em si não é uma opressão, é uma lógica preconceituosa de superioridade moral. Tal lógica, justificada por um predatorismo natural ou por algum dogma religioso, isenta ao humano uma responsabilidade moral para com os animais não-humanos, isenta um possível necessidade de empatia. Isto é o antropocentrismo moral, mas na prática ele tem causado sim uma opressão, a exploração animal. Portanto, quando se diz que o especismo é uma opressão traça-se um paralelo entre ele e a exploração animal, assim como quando diz-se que o sexismo machista é uma opressão traça-se um paralelo entre isto e a violência contra as mulheres.

Opressão não é só aquilo que afeta os humanos. A palavra opressão não significa algo só dentro das relações humanas, sabendo-se que um preconceito causa sofrimento desnecessário a seres sencientes, pode ser legitimado como uma opressão. Os animais são seres sencientes, sentem dor e desejam o bem estar assim como os humanos, logo, ignorar tais interesses pode ser considerado uma opressão. O especismo legitima inegavelmente uma ideologia de supremacia que causa sistemicamente violência, sofrimento e genocídios. Se é exigida empatia para com os humanos porque eles sentem dor e ela pode ser evitada também é possível exigir isso diante dos animais pois eles tem tal desejo em comum, negar qualquer uma das duas ideias é uma expressão egoísta e incoerente, moralmente falando.

Para enxergar a ligação do especismo com a exploração animal, que é a opressão, é necessário sair do mundinho antropocêntrico “humano predador natural” e enxergar esta moralidade nefasta que causa a violência sistêmica e desnecessária contra os animais, é preciso parar de ficar justificando nossos atos morais pela observação da natureza selvagem e desordenada ou pelas divindades, é preciso saber que podemos ter valores éticos acima dessa amoralidade da natureza, de ficar nos colocando como animais apenas para aquilo que nos convém. Para isso é só reconhecer o princípio de igual consideração de interesses semelhantes, e não viver na ideia de que é necessário ter apenas o DNA humano para ser respeitado.

A senciência é o ponto mais coerente para o requerimento de direitos fundamentais e não a sapiência ou a morfologia.


Autor: Julio Cesar Prava

 

Anúncios

2 comentários sobre “O especismo é uma opressão? Ele causa alguma opressão?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s